Oi meninas! Entre as doenças sexualmente transmissíveis, a DIP é bastante severa e uma das principais causas da infertilidade feminina. Essa condição é decorrente de outras DSTs como a gonorreia ou a clamídia e acontece quando essas bactérias se propagam da vagina para a parte interior do útero, atingindo toda a pelve, ou seja, órgãos como as trompas, ovários e o endométrio. Conheça os principais sinais da DIP:

Ø  Dor na parte inferior do abdômen;

Ø  Sangramento irregular fora do período menstrual;

Ø  Corrimento com odor forte;

Ø  Dor nas relações sexuais;

Ø  Febre baixa, náuseas e vômitos.

O tratamento da DIP é feito com uso de antibióticos via oral ou injetáveis, além de cuidados extras como repouso e abstinência sexual. Casos mais graves demandam internamento hospitalar para observação.

A melhor forma de prevenir as DSTs é com o uso de preservativos nas relações sexuais e visitas periódicas ao ginecologista para exames de rotina. Além disso, é importante ficar atento aos sinais do corpo e procurar orientação médica sempre que perceber que algo não está bem.

___

Drª Caroline Obrali

📌Ginecologista

📌CRM/PR 25922 | RQE 1931

📱41. 3533-6349

📍R. Buenos Aires, 466 – Sala 84

Deixar seu comentário

Responsável Técnico:

Dra. Caroline Wall Obrali - Ginecologista
CRM/PR 25922 | RQE 1931

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

No images found!
Try some other hashtag or username

Combustiva © 2020. Todos os Direitos Reservados.