A endometriose é uma doença mais comum do que se imagina. Afeta 10 a 15% das mulheres em idade reprodutiva. 

Ela é caracterizada pela presença do endométrio nas trompas, ovários, intestinos e /ou bexiga. O endométrio é um tecido espesso que reveste a cavidade uterina.  É nele que o óvulo fecundado se implanta.  Quando a gravidez não acontece, ao final do ciclo, ele é expelido pela menstruação, mas se imagina que em alguns casos ele possa “voltar” e se instalar em outros órgãos desenvolvendo a endometriose.

O principal sintoma da doença é a cólica menstrual intensa. A dor durante a relação sexual também é um sintoma frequente, assim como a infertilidade (30% das mulheres com infertilidade têm a endometriose como causa principal).

Não existe um tratamento padrão, cada paciente é avaliada para que o mais adequado seja prescrito: medicamentoso ou cirúrgico. 

Converse com seu ginecologista.

___

Drª Caroline Obrali – Ginecologista Curitiba

📌CRM/PR 25922 | RQE 1931

📱41. 3533-6349

📍R. Buenos Aires, 466 – Sala 84

 

Deixar seu comentário

Responsável Técnico:

Dra. Caroline Wall Obrali - Ginecologista
CRM/PR 25922 | RQE 1931

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

No images found!
Try some other hashtag or username

Combustiva © 2021. Todos os Direitos Reservados.