Já ouviu falar em desodorante íntimo?

Esse produto desperta o interesse de quem se incomoda com os odores produzidos na região externa da vagina e causados pelo suor. Mas será que ele faz mal?

Sabemos que lavar a vagina em excesso pode deixá-la mais suscetível a infecções pelo fato de eliminar as bactérias naturais da região. No caso do uso do desodorante o que acontece é um encapsulamento das bactérias que causam mau odor, sem eliminá-las por completo, assim não há alteração da flora vaginal. Além disso, esses produtos possuem substâncias hipoalergênicas para evitar possíveis irritações. 

Apesar de eu não indicar o uso do desodorante íntimo para as minhas pacientes, se você optar por usá-lo é importante que tome alguns cuidados:

– Aplique o produto somente na parte externa da região íntima (vulva e virilha);

– Não utilize mais que 4 vezes ao dia;

– Evite usar o produto todos os dias, opte apenas para quando realmente for necessário;

– Fique atenta a odores sinalizadores de possíveis doenças.

Importante ressaltar que o odor vaginal é uma característica natural que reflete a saúde da mulher e não deve ser associado à falta de higiene. Optar por roupas que deixem a região mais arejada pode ajudar a prevenir odores mais fortes e diminuir o incômodo.

___

Drª Caroline Obrali

📌Ginecologista Curitiba

📌CRM/PR 25922 | RQE 1931

📱41. 3533-6349

📍R. Buenos Aires, 466 – Sala 84

 

Deixar seu comentário

Responsável Técnico:

Dra. Caroline Wall Obrali - Ginecologista
CRM/PR 25922 | RQE 1931

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

No images found!
Try some other hashtag or username

Combustiva © 2021. Todos os Direitos Reservados.